quinta-feira, novembro 24, 2005

Rio Minho - Cerveira

 
Jorge Moreira Posted by Picasa

7 comentários:

Maria do Céu Costa disse...

Belissimos estes tons de azul que se espelham. Beijinhos.

TMara disse...

conheço essa zona e o olhar esparaia-se em beleza, mas esta tua foto está soberba. tanto tanto k ta fanei. Bom f.s Bj de luz e paz

vero disse...

Belíssima a foto!!!
Acabei de ler o seu comentário no meu blog!
Espero vê-lo por lá mais vezes!
Obrigada pela visita.

Bom fim-de-semana...

Beijinhos***
e
Mil sorrisos :)))

Passarinha disse...

Jorge, o teu blog é giro, mas n tinhas uma fotografia mais casual, assim estilo em fato de banho ou a comer um donut? és mt giro, mas a foto tipo BI n fica bem!!
bjs

Phellipe Gigante disse...

E então Jorge como estás, percebo que continuas tendo ótimos gostos mas precisas vir aqui no Brasil para ter mais fotos bonitas ai no teu acervo. Um grande abraço meu amigo pelo que vocês fizeram pela a minha família quando fomos ai. Um grande abraço para ti e tudo de bom é o que se deseja para nós todos.

joao parente disse...

Muito Obrigado por esta foto expressiva de tanta beleza; e também, a propósito,pelos textos e pelas outras fotos, que reflectem uma sensibilidade espiritual profunda, por um lado atenta aos elementos do "belo" que nos rodeia e, por outro, capaz de os recriar em composições inovadoras. A propósito de criação, transcrevo um excerto de Teilhard de Chardin (extraordinário Autor, injustamente um pouco esquecido, que actualmente leio)sobre "actividade artística, progresso e desprendimento" (que Teilhard muito justamente relaciona): "O esforço humano é uma colaboração fremente de Amor que prestamos às mãos divinas; é o aperfeiçoamento e o embelezamento pessoais". O esforço necessita de desprendimento, e dá lugar à obra(progresso)que reflecte algo do Absoluto. Um abraço fraterno, João Parente

Isabel José António disse...

Jorge,

A foto não é só magnífica, é que o enquadramento que obtiveste dá-lhe uma certa aura de coisa oriental - na realidade, faz-me lembrar certas paisagens que os pintores chineses e japoneses pintam, paisagens onde perpassam uma grande serenidade e harmonia natural.

É tudo isso que esta tua foto me transmite.

Isabel