quarta-feira, maio 16, 2007

Unidade da Vida é uma realidade incomensurável

O meu "Meme"!
A Elsa Gouveia, do blog “Aprendiz de Viajante” passou-me um “meme”...
De que se trata?
Um "meme" é um "gen ou gene cultural" que envolve algum conhecimento que passas a outros contemporâneos ou a teus descendentes. Os memes podem ser ideias ou partes de ideias, línguas, sons, desenhos, capacidades, valores estéticos e morais, ou qualquer outra coisa que possa ser aprendida facilmente e transmitida enquanto unidade autónoma. Simplificando: é um comentário, uma frase, uma ideia que rapidamente é propagada pela Web, usualmente por meio de blogues. O neologismo "memes" foi criado por Richard Dawkins dada a sua semelhança fonética com o termo "genes".

Agora só falta nomear os 6 blogues que darão seguimento a este desafio...
Caso entendam fazê-lo!!!!
Serão:
“Oceanus”
“A Kind of a Magic II”
“Cidade do Esquecimento”
“Misterious Spirit”
“Soukha”
“Sobretudo”

6 comentários:

Aprendiz de Viajante disse...

Desafio aceite à tua altura! Realmente somos uma pequena gota de um vasto oceano.

Um abraço amigo.

oceanus disse...

Desafio aceite...Oceanus agradece!

O Oceanus é um espaço onde diversos "seres " convivem e trocam ideias. Desde os mais pequenos até aos mais crescidos ;)

um abraço do fundo do Oceanus

Hanah disse...

Desafio aceito...

Abraço estelar

Liliana disse...

Olá


Vou tratar meme do caso. Obrigada por te lembrares de moi même...
:-) bjs e bom fim de semana

Isabel disse...

E, este "meme", incomensuravelmente verdadeiro.

Bjt

Dark Blue disse...

Boas! As minhas visitas à blogosfera têm sido de médico. Praticamente respondo a quem me deixa um comentário e ponho um post por semana, quando consigo.

As minhas recentes funções como Webmaster têm destas coisas, primeiro o tempo livre era para estudar, depois sobreveio a saturação, após 8 horas a trabalhar em páginas web chega-se a casa e só apetece ficar sentado a contemplar a Lua e as Estrelas e ouvindo o vento a sussurrar por entre os pinheiros.

Lentamente vou recuperando o "bicho blogueiro" para depois uma avalanche de trabalho atirá-lo de novo para o limbo. Como me dizia um mestre Taoísta: as adversidades são como as correntes do Oceano, não devemos nadar contra elas mas sim perpendicularmente a fim de nos libertarmos.

Fica Bem!