quinta-feira, outubro 25, 2007

Al Gore - Prémio Nobel da Paz II


Tem existido imensos ataques, pelos mais variados motivos contra o Al Gore. Alguns certamente que são verdadeiros, mas outros, não passam de calúnias por todos aqueles que têm interesses profundos para que as coisas continuem como estão.
Falam na casa de Al Gore que não é amiga do ambiente.
Ora, a casa de Al Gore foi recentemente convertida em “amiga do Ambiente” com painéis solares e outros equipamentos. Certo que foi depois de algumas críticas…
Criticam os aviões particulares que utiliza para se deslocar.
Os aviões, os veículos e as actividades que realiza são compensados pela plantação de x nº de árvores, etc. Claro que não deixa de poluir, mas tenta compensar…
Dizem que ele tem outros interesses políticos, etc.
Mas serão estas realmente as questões de fundo?
Para mim e para o mundo actual, mesmo que ele tenha algum interesse mais ou menos claro, tem levado este assunto às agendas políticas mundiais e tem sido uma “viga Mestra” na divulgação e na consciencialização mundial para as questões climáticas e ambientais. Penso que foi esse o motivo que levou o Comité do Nobel a laureá-lo com o prémio Nobel da Paz.
Não nos podemos esquecer, que mesmo antes do Al Gore ter sido vice-presidente dos Estados Unidos, mesmo antes de ter tido cargos políticos relevantes, ele já tinha escrito artigos e livros, direccionados para uma tomada de consciência, que a acção do homem estava a produzir no nosso Planeta, especialmente na exploração desenfreada dos recursos naturais, na poluição, etc., produtos estes, de um capitalismo feroz. Se houve aproveitamento político pessoal por estar a defender estas ideias, acredito que sim. Mas também teve a coragem de ir contra muita gente influente… “lá de casa”, o país mais poluidor do mundo, onde ¼ de toda a poluição mundial provém de lá.
Certamente que seria muitíssimo melhor que qualquer Bush na presidência dos EUA…

5 comentários:

Pink disse...

Concordo plenamente!
Esperemos que isso significa ainda mais pessoas por todo o mundo a zelarem pela protecção do ambirente e pelo futuro do nosso planeta.

Um beijo e boa semana para ti.

Jardineira aprendiz disse...

Na realidade quantos de nós não somos hipócritas também ao defendermos causas ambientais sem realmente mudarmos o nosso modo de vida? Para mim os verdadeiros amigos do ambiente e da humanidade desfavorecida são aqueles que adoptam a simplicidade voluntária como modo de vida. Eu, infelizmente não estou entre eles, embora vá tentando. Mas se estivesse provavelmente nem sequer estaria aqui (no pc, na net). Mas a verdade é que é extremamente difícil, mesmo quando se tem consciência e se quer mudar.

E como se costuma dizer 'quem tem telhados de vidro não atira pedras' Pelo menos ele teve o mérito de pôr os americanos a pensar sobre o assunto (o que, sendo uma má língua esfarrapada, é uma proeza!)

É bom ter-te de volta, beijos!

Aprendiz de Viajante disse...

...passei para te desejar um bom feriado... tive saudades daqueles tempos em que trocavamos intensamente comentários.

Um bjinho para ti

oceanus disse...

...apesar de tudo é dele que falamos quando falamos em defesa do meio ambiente e do protagonismo que este tema tem conhecido nos ultimos tempos.

Quando puderes passa pelo Oceanus!

bjos e abraços do fundo do Oceanus

Dark Blue disse...

Tenho no meu blog uma petição da "Verdade Inconveniente" que, para minha tristeza, apenas contribuiu com 5 das 292.650 assinaturas.

Falo em tristeza pois acho que 300.000 pessoas são uma gota de água no oceano, deixando-me com alguma preocupação e desencanto em relação à humanidade.

Espero sinceramente estar enganado.

Fica Bem!